Entrevistas


Histórias de sucesso #11: Pedro Machado Gueiros – TJSE e TJRR

Olá pessoal!

Hoje o histórias de sucesso é com o amigo Pedro Machado, aprovado no TJRR e no TJSE!

Ele gentilmente nos concedeu a entrevista que segue:

Nome: Pedro Machado Gueiros    

Data de nascimento: 15/12/1988

Naturalidade: RJ/RJ

Concurso(s) para magistratura qual(is) foi aprovado:

R: Tribunal de Justiça de Roraima e Tribunal de Justiça de Sergipe

Outros concursos em que foi aprovado:

R: Juiz Leigo TJMT

Período de estudos até a primeira aprovação em concursos de magistratura:

R: 3 anos e 1 mês

Trabalhou durante os estudos? Cargo?

R: Assessor Desembargador TJMT, Advogado.

Tempo médio de estudos diário:

R: 8h

Quantas matérias diferentes lia por dia? E em uma semana?

R: 03 por dia. 11 por semana (todas, menos eleitoral).

Estudava sábados/domingos/feriados?

R: Sim.

Utiliza grupos de facebook/whatsapp para estudar? Acredita que valha a pena?

R: Facebook e instagram. Sim, desde que a pessoa saiba se controlar (criei perfis fakes para não atrapalhar com a vida social e desviar o foco do estudo)

Fazia resumos/cadernos ou utilizava algum feito por outras pessoas?

R: Fiz cadernos dos cursos LFG e CERS, além de um próprio com questões que errava nas provas e exercícios. Também já utilizei de outros feitos por colegas, mas apenas para alguns pontos que não tinha nos meus, a exemplo do Novo Código de Processo Civil.

Com qual frequência fazia exercícios para prova objetiva?

R: todo dia.

Com qual frequência lia “lei seca”?

R: Antes das provas, e juntamente com os estudos diários (sempre estava com o vade mecum aberto e lia a letra da lei do assunto estudado no dia).

Com qual frequência lia jurisprudência? Lia diretamente dos sites dos Tribunais Superiores ou através de outros sites (como dizer o direito ou EBEJI)?

R: Tentava ler uma vez por semana, e nos 30 dias antes das provas, lia todos dos 2 anos anteriores. Dizer o direito, apenas.

Fazia revisões? Com qual frequência?

R: Fazia

Indicaria algum curso online com foco em magistratura/carreiras jurídicas?  Indicaria algum curso de oratória para a fase oral?

R: LFG, CERS e CPIURIS. Guida.

Indica algum método diferenciado de estudos para alguma das fases (objetiva/discursiva/sentenças/oral)?

R: não.

Estudava a banca/examinadores responsável pela elaboração das provas da segunda fase em diante?

R: Sempre! inclusive em relação às questões da primeira fase.

Se o tribunal é responsável pela elaboração das sentenças e tem um posicionamento diverso do pacificado nos Tribunais Superiores, adotaria qual posicionamento?

R: Tribunal Superior, apontando, porém, o entendimento do Tribunal Local 

 

                                                          BIBLIOGRAFIA

 

Quais livros/autores ou cursos/cadernos indicaria para os estudos nas matérias abaixo (se possível, especificar o professor de cada matéria nos cadernos/cursos):

Gostei dos cursos LFG e CERS, porém, os professores não são mais os mesmos. Portanto, prefiro indicar o professor que elabora um ótimo caderno para revisão, além das doutrinas que li sobre as matérias.

Direito Administrativo – Administrativo descomplicado – Marcelo e Vicente. (caderno da Marinela)

Direito Ambiental – Direito Ambiental Esquematizado RESUMO) Frederico Amado (obs: esse resumo esquematizado agora é a sinopse da Juspodivm, conforme informações do autor) e o caderno dele próprio pelo CERS.

Direito Civil – Manual de Direito Civil – Tartuce. (caderno do Pablo Stolze e Cristiano Chaves)

Direito Constitucional – Direito Constitucional Esquematizado – Lenza. (caderno do Novelino)

Direito do Consumidor – Leis Especiais para Concursos – Direito do Consumidor – Leonardo de Medeiros (caderno de Leonardo Medeiros Garcia)

Direito do Eleitoral – Sinopse da juspodvm – Jaime Barreiros.

Direito Empresarial – Caderno do Juan Vazquez.

Direito da Criança e do Adolescente – Sinopse da juspodvm

Direito Penal – Parte Geral – Rogerio sanches – Manual de Direito Penal.

Direito Penal – Parte Especial do Código Penal – Direito Penal Esquematizado – Masson. (caderno LFG – vários profs.)

Direito Penal – Legislação extravagante -  Legislação Penal Especial Comentada – Renato Brasileiro. (caderno LFG – vários profs.)

Direito Processual Civil – Curso de Direito Processual Civil – Coleção inteira do Fredie Didier. (caderno do Fredie LFG)

Direito Processual Penal – Manual de Processo Penal – Renato Brasileiro.

Direito Tributário – Manual de Direito Tributário – Sabbag.

Humanística – Magistratura: noções gerais de direito e formação humanística, segundo a resolução 75 do cnj – Mariá Brochado.

Sentença Cível – Curso Gajardoni.

Sentença Penal – Livro do Schimitt.

 É isso! Até a próxima!

Histórias de sucesso #10: Leonardo Grillo Menegon – TJPR

Olá pessoal!

Hoje o histórias de sucesso é com o colega Leonardo Grillo Menegon, aprovado no TJPR!

Ele gentilmente nos concedeu a entrevista que segue:

Nome: Leonardo Grillo Menegon

Data de nascimento: 31/08/1987

Naturalidade: Paranaense

Concurso(s) para magistratura qual(is) foi aprovado:

R: TJPR/2014, consolidando o sonho de ser magistrado no meu Estado.

Outros concursos em que foi aprovado:

R: Para carreira fim, somente o TJPR/2014.

Período de estudos até a primeira aprovação em concursos de magistratura:

R: Iniciei os estudos para magistratura em fevereiro de 2012, vindo a tomar posse em dezembro de 2014.

Trabalhou durante os estudos? Cargo?

R: Sim, fui assessor do TJPR.

Tempo médio de estudos diário:

R: Em média, 4h/dia.

Quantas matérias diferentes lia por dia? E em uma semana?

R: Via de regra, uma matéria por dia. Mas conseguia estudar as matérias do edital em duas semanas. Sempre estudava as principais (Civil, Processo Civil, Penal e Processo Penal) e as demais matérias revezava nessas duas semanas, condensando, por exemplo, duas disciplinas menores num mesmo dia.

Estudava sábados/domingos/feriados?

R: Sim. Aos domingos estudava apenas pela manhã, caso não houvesse edital aberto.

Utiliza grupos de facebook/whatsapp para estudar? Acredita que valha a pena?

R: Sim, principalmente para a oral.

Fazia resumos/cadernos ou utilizava algum feito por outras pessoas?

R: No começo fazia resumos, mas depois passei a estudar pelos meus cadernos de cursinho (fiz Damásio e LFG telepresenciais).

Com qual frequência fazia exercícios para prova objetiva?

R: Fazia uma prova (de magistratura) a cada 15 dias, mas acredito que seja importante resolver mais questões.

Com qual frequência lia “lei seca”?

R: Geralmente, nas proximidades da prova, mas também acredito que seja importante a leitura regular de lei seca.

Com qual frequência lia jurisprudência? Lia diretamente dos sites dos Tribunais Superiores ou através de outros sites (como dizer o direito ou EBEJI)?

R: Aos sábados, por intermédio do site @dizerodireito.

Indicaria algum curso online com foco em magistratura/carreiras jurídicas?  Indicaria algum curso de oratória para a fase oral?

R: Para sentenças, fiz o curso on-line do LFG com os professores @fernandogajardoni e Ricardo Augusto Schmitt, obtendo a primeira colocação.

Indica algum método diferenciado de estudos para alguma das fases (objetiva/discursiva/sentenças/oral)?

R: Para oral, fiz o SPO (http://www.simuladosdeprovaoral.com.br/), que também recomendo.

Estudava a banca/examinadores responsável pela elaboração das provas da segunda fase em diante?

R: Por conta do trabalho, conhecia os entendimentos do TJPR.

Se o tribunal é responsável pela elaboração das sentenças e tem um posicionamento diverso do pacificado nos Tribunais Superiores, adotaria qual posicionamento?

R: Indicaria o entendimento dos Tribunais Superiores.

Recado do aprovado:

Por fim, considero que a partir do momento em que fiz renúncias em prol dos estudos e, além disso, passei a dar especial atenção as matérias que negligenciava, a exemplo de tributário, obtive a aprovação. Em verdade, não existe fórmula mágica, o que conta mesmo é a constância, a força de vontade e a fé. Nesse certame em que fui aprovado, por exemplo, eu quase não me inscrevi (fiz a inscrição no último dia do prazo) imaginando que teria, ainda, que me dedicar por alguns anos até obter a aprovação e, no final, deu tudo certo. Acredite: por mais distante que pareça, você está mais perto do que imagina.

                                                       

                                                        BIBLIOGRAFIA

Quais livros/autores ou cursos/cadernos indicaria para os estudos nas matérias abaixo (se possível, especificar o professor de cada matéria nos cadernos/cursos):

Direito Administrativo: Sinopse para Concursos – Ronny e Fernando - Editora Juspodivm.

Direito Ambiental: Leis Especiais para Concursos, Volume 10, Autores: Leonardo de Medeiros Garcia e Romeu Thomé

Direito Civil: Manual de Direito Civil Vol. Único – Flávio Tartuce

Direito Constitucional:  Direito Constitucional Esquematizado – Pedro Lenza

Direito do Consumidor: Leis Especiais para Concursos – Direito do Consumidor – Leonardo de Medeiros - Editora Juspodivm.

Direito do Eleitoral: Sinopses para Concursos – Jaime Barreiros Neto – Ed. Juspodivm.

Direito Empresarial: Manual de Direito Empresarial – Fabio Ulhôa Coelho

Direito da Criança e do Adolescente: Sinopses para Concursos – Guilherme Freire – Editora Juspodivm.

Direito Penal – Parte Geral: Direito Penal - Parte Geral – Volume 1 – Cleber Masson

Direito Penal – Parte Especial do Código Penal: Direito Penal  - Parte Especial – Cleber Masson

Direito Penal – Legislação extravagante:  Cursos.

Direito Processual Civil: Manual de Direito Processual Civil - Daniel Assumpção.

Direito Processual Penal: Curso de Direito Processual Penal – Nestor Távora e Rosmar.

Direito Tributário: Direito Tributário Esquematizado – Ricardo Alexandre

Humanística – Cursos.

Sentença Cível – Cursos.

Sentença Penal – Cursos.

 

Histórias de sucesso #09: Luiz Gonzaga Pereira de Melo Filho – Primeiro lugar no TJPB

Olá pessoal!

Hoje o histórias de sucesso é com o colega Luiz Gonzaga, aprovado em primeiro lugar no TJPB!

Segue a entrevista que ele gentilmente nos concedeu:

Nome: Luiz Gonzaga Pereira de Melo Filho

Data de nascimento: 10/06/1988

Naturalidade: João Pessoa – PB

Concurso(s) para magistratura qual(is) foi aprovado:

R: TJPB

Outros concursos em que foi aprovado:

R: TJPB (servidor), PFN (Procurador da Fazenda Nacional) e AGU (Advogado da União).

Período de estudos até a primeira aprovação em concursos de magistratura:

R: 6 anos.

Trabalhou durante os estudos? Cargo?

R: Sim, primeiramente como servidor do TJPB (3 anos) e depois como advogado público federal (3 anos).

Tempo médio de estudos diário:

R: 5 horas. Com a publicação do edital, todo o tempo que tiver disponível.

Quantas matérias diferentes lia por dia? E em uma semana?

R: Uma matéria por dia; cinco por semana.

Estudava sábados/domingos/feriados?

R: Sem edital publicado, apenas um turno; com edital, em tempo integral.

Utiliza grupos de facebook/whatsapp para estudar? Acredita que valha a pena?

R: Não.

Fazia resumos/cadernos ou utilizava algum feito por outras pessoas?

R: Sim.

Com qual frequência fazia exercícios para prova objetiva?

R: Diariamente, após a publicação do edital.

Com qual frequência lia “lei seca”?

R: Diariamente, após a publicação do edital.

Com qual frequência lia jurisprudência? Lia diretamente dos sites dos Tribunais Superiores ou através de outros sites (como dizer o direito ou EBEJI)?

R: Diariamente, lia (e continuo lendo) os informativos e as notícias dos sites do STF e do STJ.

Indicaria algum curso online com foco em magistratura/carreiras jurídicas?  Indicaria algum curso de oratória para a fase oral?

R: Não fiz cursinhos, portanto não sei informar.

Indica algum método diferenciado de estudos para alguma das fases (objetiva/discursiva/sentenças/oral)?

R: (i) prova objetiva: lei seca, informativos, resumos e resolução de questões; (ii) prova discursiva/sentença: informativos, resumos e resolução de provas anteriores; (iii) prova oral: treinamento com colegas, pessoalmente ou por Skype.

Estudava a banca/examinadores responsável pela elaboração das provas da segunda fase em diante

R: Sim, através da resolução das provas anteriores.

Se o tribunal é responsável pela elaboração das sentenças e tem um posicionamento diverso do pacificado nos Tribunais Superiores, adotaria qual posicionamento?

R: O dos Tribunais Superiores, discordando de forma respeitosa.

 

                                                            BIBLIOGRAFIA

 

Quais livros/autores ou cursos/cadernos indicaria para os estudos nas matérias abaixo (se possível, especificar o professor de cada matéria nos cadernos/cursos):

Direito Administrativo – Caderno da Prof. Fernanda Marinela.

Direito Ambiental – Leis Especiais para Concursos, Volume 10, Autores: Leonardo de Medeiros Garcia e Romeu Thomé.

Direito Civil – Caderno de Pablo Stolze e Cristiano Chaves.

Direito Constitucional – Caderno de Pedro Taques.

Direito do Consumidor – Leis Especiais para Concursos, Volume 1, Autor: Leonardo de Medeiros Garcia.

Direito do Eleitoral – Edson de Resende Castro (Del Rey) e José Jeiro Gomes (Atlas).

Direito Empresarial – Caderno de Alexandre Gialluca.

Direito da Criança e do Adolescente – Leis Especiais para Concursos, Volume 2, Autor: Guilherme Freire de Melo Barros.

Direito Penal – Parte Geral – Caderno de Rogério Sanches.

Direito Penal – Parte Especial do Código Penal – Caderno de Rogério Sanches.

Direito Penal – Legislação extravagante – Caderno de Rogério Sanches.

Direito Processual Civil – Caderno de Fredie Didier.

Direito Processual Penal – Caderno de Renato Brasileiro.

Direito Tributário – Caderno de Eduardo Sabbag.

Humanística – Concurso da Magistratura - Noções Gerais de Direito e Formação Humanística (Saraiva); Vade Mecum Doutrina – Humanístico (Gen / Método).

Sentença Cível – Caderno de Fernando Gajardoni.

Sentença Penal – Livros: Manual de Sentença Criminal, Renovar, Autor: Euler Jansen; Sentença Penal Condenatória, Jus Podivm, Autor: Ricardo Augusto Schmitt.

Histórias de sucesso #05: Roberto César Lemos de Sá Cruz – TJPB, TJBA, MPAL e MPRN.

Olá pessoal!

Hoje o histórias de sucesso é com o amigo Roberto César, aprovado no TJPB, TJBA, MPAL e MPRN!

Ele gentilmente nos concedeu a entrevista que segue:

Nome: Roberto César Lemos de Sá Cruz

Data de nascimento: 07/03/1983

Naturalidade: Recife/PE

Concurso(s) para magistratura qual(is) foi aprovado:

R: Juiz de Direito Substituto do Estado da Bahia ( Posse em 16.09.2013)

Juiz de Direito Substituto do Estado da Paraíba. ( 2016)

Juiz de Direito Substituto do Estado de Alagoas ( 2008, eliminado em virtude de não contar, à época, com três anos de atividade jurídica após a conclusão do curso de Direito)

Outros concursos em que foi aprovado:

R: Promotor de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte ( 2010);

Promotor de Justiça do Estado de Alagoas ( 8º Lugar/2012)

Período de estudos até a primeira aprovação em concursos de magistratura:

R: Dois anos

Trabalhou durante os estudos? Cargo?

R: Sim. Professor Universitário e Advogado.

Tempo médio de estudos diário:

R: Variava muito. Nos dias em que dava aula nas Faculdades, em geral, era de 4 horas; Nos dias Livres, 08 horas diárias, com intervalos de 10 minutos entre blocos de 1:20 de estudo;

Quantas matérias diferentes lia por dia? E em uma semana?

R:Em geral, estudava duas matérias nos dias livres e uma só matéria nos dias em que trabalhava. Por semana, então, conseguia estudar um pouco das oito matérias principais ( Constitucional, Penal, Processo Penal, Civil, Processo Civil, Tributário, Empresarial e Administrativo). Dentre elas , a que menos estudava era empresarial.  Nos dias em que estudava duas matérias, sempre combinava uma que fosse de minha preferência com outra que não tinha tanto traquejo ( Ex. Processo Penal e Empresarial).

Estudava sábados/domingos/feriados?

R:Sim, sempre que não estivesse de ressaca. No sábado, estudava pela manhã e a tarde. No domingo, à tarde por duas horas somente e sempre uma revisão ou leitura mais leve.

Utiliza grupos de facebook/whatsapp para estudar? Acredita que valha a pena?

R: Não.

Fazia resumos/cadernos ou utilizava algum feito por outras pessoas?

 R: Fiz resumos das principais materiais e dos pontos com maior incidência em provas. Só usei  resumo de outras pessoas na etapa oral.

Com qual frequência fazia exercícios para prova objetiva?

R: Em geral, uma vez por semana.

Com qual frequência lia “lei seca”?

R: Só próximo as provas objetivas da FCC. Em geral, não tinha saco pra ler a lei seca. A leitura da lei fazia enquanto lia a doutrina para acompanhar o estudo.

Com qual frequência lia jurisprudência? Lia diretamente dos sites dos Tribunais Superiores ou através de outros sites (como dizer o direito ou EBEJI)?

R: Inicialmente, lia pelos informativos dos sites oficiais. A partir de 2012, passei a acompanhar o site “ dizer o direito”.

Indicaria algum curso online com foco em magistratura/carreiras jurídicas?  Indicaria algum curso de oratória para a fase oral?

R:Nunca fiz nenhum curso preparatório completo, em virtude da falta de tempo. Cursei duas pós-graduações (Processo Penal e Direito Público); e assistia  as aulas de Fredie Didier em Processo Civil e Pablo Stolze em Civil do LFG;

Para a fase oral também não fiz nenhum curso, pois entendia que a prática da sala de aula era suficiente;

Indica algum método diferenciado de estudos para alguma das fases (objetiva/discursiva/sentenças/oral)?

R: Na fase oral peguei um livro da Editora Damásio que compilava as questões e as respondia como se estivesse na prova.

Estudava a banca/examinadores responsável pela elaboração das provas da segunda fase em diante?

R:Não;

Se o tribunal é responsável pela elaboração das sentenças e tem um posicionamento diverso do pacificado nos Tribunais Superiores, adotaria qual posicionamento?

R: Citaria o entendimento dos Tribunais superiores e em seguida justificaria a aplicação do entendimento do Tribunal Local no caso concreto. Em geral, esse examinadores são vaidosos e querem enxergam na prova aquilo que eles bafejam no Tribunal.

                                                              BIBLIOGRAFIA

 

Quais livros/autores ou cursos/cadernos indicaria para os estudos nas matérias abaixo:

Direito Administrativo – (Livro Texto) Alexandre, Ricardo; De Deus, João. Direito Administrativo Esquematizado. 2ed. São Paulo: Método, 2016 ( Deixa a desejar na parte de improbidade administrativa, que pode ser suprida com a leitura do capítulo de improbidade na obra Difusos e Coletivos Esquematizado do Landolfo Andrade e Cleber Masson). ( Livro de Revisão) Scatolino, Gustavo. Direito Administrativo. Série Direto ao Ponto. Editora Aluminus;

Direito Ambiental – ( Livro Texto) Thomé, Romeu. Curso de Direito Ambiental. 7ed. Salvador: Juspodivm, 2016. ( Livro de Revisão) Sinopse jurídica da Juspodivm;

Direito Civil – ( Tive a oportunidade de ler a coleção de Pablo Stolze, exceto o livro de Contratos em Espécie. Excelente para quem tem tempo. Complementei com o Livro de Parte Geral do Felipe Peixoto Braga Netto e os capítulos de Negócio Jurídico e Prescrição e Decadência  do Nelson Rosenvald e Cristiano Chaves de Farias); Material de Revisão: Caderno de Direito Civil do LFG;

Direito Constitucional – Masson, Nathália. Manual de Direito Constitucional. 4ed Salvador: Juspodivm, 2016. Complementando em Direitos fundamentais e Controle de Constitucionalidade pelo Livro de Bernardo Gonçalves Fernandes. ( Revisão) Sinopse de Constitucional da Juspodivm, Vol. 17.

Direito do Consumidor –  Netto, Felipe Peixto Braga. Manual de Direito do Consumidor à Luz da Jurisprudência do STJ. 7ed Salvador: Juspodivm;

Direito do Eleitoral – Almeida, Roberto Moreira. Curso de Direito Eleitoral. Juspodivm;

Direito Empresarial – Sinopse da Juspodivm – Estefânia Rossignoli;

Direito da Criança e do Adolescente – Sinopse Jurídica da Juspodivm – Guilherme Freira e Estatuto Comentado do Rogério Sanches, Rossato e Eduardo Lepóre da Saraiva;

Direito Penal – Parte Geral – Masson, Cleber. Direito Penal Esquematizado. 9ed. São Paulo: Método, 2015.

Direito Penal – Parte Especial do Código Penal – Gonçalves, Victor Rios. Direito Penal Esquematizado. 7ed. São Paulo: Saraiva, 2016. ( Revisão) Sinopses jurídicas da Juspodivm – Marcelo a Alexandre;

Direito Penal – Legislação extravagante – Victor Rios E José Paulo Baltazar, esquematizado da Saraiva;  

Direito Processual Civil – Didier, Fredie. Curso de Direito Processual Civil. Vol.1 e 2; ( Revisão) Mouzalas, Rinaldo. Processo Civil. Volume único. Judpodivm.

Direito Processual Penal – Távora, Nestor; Alencar, Rosmar. Curso de Direito Processual Penal. 10ed. Salvador:juspodivm, 2015. ( Revisão) Sinopses da Juspodivm de Leonardo Barreto Moreira Alves;

Direito Tributário – Alexandre, Ricardo. Direito Tributário Esquematizado. 9ed São Paulo: Método, 2016. (Revisão) Sabbag, Eduardo. Direito Tributário Essencial. 4ed. Método, 2016.

Humanística – Vade Mecum Humanístico da Editora Método

Sentença Cível – Donizetti, Elpídio. Redigindo a Sentença Cível. Método

Sentença Penal – Schimtt, Ricardo. Sentença Penal. Juspodivm

Qualquer livro/curso que indique para o concurso que não se encaixa nas matérias acima (ex: livro de discursiva da juspodivm que tem várias matérias, vade-mécum de jurisprudência etc) -

- Controle de Constitucionalidade de Luis Roberto Barroso;

-Teoria dos Ilícitos Civis de Felipe Peixoto Braga Netto

É isso! Até a próxima!